Desvendando a Vitamina B12

 

A cobalamina (ou cianocobalamina), também, denominada vitamina B12, é uma vitamina hidrossolúvel que faz parte do complexo B, sintetizada pelas bactérias da flora colônica, que se encontram em local posterior ao sítio de absorção. Por isso, faz-se necessário o consumo dessa vitamina, seja pela ingestão de alimentos fontes ou pela suplementação.

 

O processo de absorção da B12 envolve alguns processos, primeiro, é necessária a presença de ácido gástrico para que ela seja retirada do alimento fonte; no estômago, ocorre a produção do fator intrínseco, que será ligado à vitamina B12 no duodeno para que seja absorvida no íleo terminal. Vale ressaltar que as algas não devem ser utilizadas como fonte de B12, pois a vitamina contida nelas é considerada análoga e não demonstra eficácia em cumprir as funções próprias da vitamina.

 

A cobalamina exerce papel fundamental no funcionamento adequado das células do trato gastrointestinal, tecido nervoso e da medula óssea. Além de atuar no metabolismo dos macronutrientes, carboidratos, lipídeos e proteínas.

 

Os indivíduos adeptos das dietas ovolacto e lactovegetarianas consomem alimentos fontes de B12. Por sua vez, a dieta vegetariana estrita, em que também não há inclusão de alimentos enriquecidos com essa vitamina em teor adequado, o indivíduo deve realizar suplementação oral (cápsula ou gotas) ou injetável, de acordo com a necessidade específica. Todavia a suplementação é essencial para gestantes, mulheres em fase de amamentação, crianças, adolescentes e idosos adeptos de ambas as dietas.

 

A vitamina B12 dos suplementos é produzida por meio da cultura de bactérias em laboratório. As cápsulas, em sua maioria, são constituídas de material vegetal, como celulose. A recomendação de consumo de B12 por indivíduos acima de 14 anos de idade (fora do período de gestação ou lactação) é de 2,4µg/dia. Cerca de 50 a 60% dos vegetarianos apresentam níveis reduzidos dessa vitamina, já em onívoros, a prevalência estimada é de 40%. Quanto aos idosos, esses são mais propensos à deficiência devido a alterações da mucosa gástrica e à redução da secreção ácida.

 

A deficiência pode afetar o sistema hematopoiético, causando anemia, e o sistema nervoso, levando à redução de memória, concentração e atenção, além de formigamento nos membros inferiores. Essa hipovitaminose não deve ser tratada com dieta, pois tal conduta é ineficaz, por isso, faz-se necessário acompanhamento interdisciplinar, bem como suplementação. Assim, é essencial o controle dos níveis séricos de B12 a fim de reduzir riscos inerentes à sua deficiência.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Textos Recentes
Please reload